Arquivo mensal: setembro 2015

Ladrões sequestram veículos e pedem resgate ao dono

Criminosos estão usando a internet para aplicar uma nova modalidade de golpe  Após furtarem os veículos, eles ligam para os proprietários e exigem dinheiro para o resgate do automóvel.

“É o que nós chamamos de sequestro de veículo. Os veículos não são subtraídos como em outros municípios para a finalidade de desmanche ou para serem utilizados em outras ações penais”, explica o delegado Luciano Menezes.

Depois do furto, os bandidos entram em contato com as vítimas e pedem dinheiro para devolver o veículo. Em uma conversa rastreada pela Polícia Civil com autorização judicial, dois criminosos discutem o valor do resgate.

“Liguei para o cara e falei com ele agora. É que ele não tem toda moeda. Que agora é de noite e ele não tem de onde tirar a ‘pilápia’. Ele diz que tem mil ‘conto’ só. Mas mil ‘conto’ não adianta”, diz um criminoso. “Diz pra ele então que por mil ‘conto’ vai ser picado. Não vai ser entregue”, responde o comparsa.

Segundo a polícia, as redes sociais são uma porta aberta para a ação dos criminosos. É por ali que eles pesquisam os dados das vítimas, o perfil, e descobrem os bens que as elas possuem. É pela internet que eles também conseguem o telefone de muita gente.

Uma vítima, que não quis se identificar, teve o veículo furtado. Ele recebeu várias ligações dos criminosos pedindo o resgate. “Depois que eles roubaram o carro eles me ligaram pedindo o resgate e ameaçando. Se eu não pagasse o resgate, eles iriam mandar o meu carro para o desmanche”, relata.

Os bandidos agem em locais com maior concentração de carros e principalmente aos finais de semana. A orientação é para que as vítimas entrem em contato com a polícia e não paguem o resgate.

Quem tem rastreador Carsystem está protegido. O aparelho ajuda o proprietário a localizar o local do “cativeiro” do veículo.

Seja um franqueado Carsystem. Clique no banner abaixo e saiba como:

logo carsystem franquias

Duas histórias curiosas sobre roubo de veículos

Corcel foi encontrado 35 anos após o roubo

Por volta das 19 horas do último domingo (6), a Policia Rodoviária Federal de Foz do Iguaçu abordou o motorista de um veículo que trafegava pela rodovia BR-277. A placa era do Paraguai e, ao ver o documento do Ford Corcel II, do ano de 1980, foi constatado que o carro havia sido roubado há 35 anos. O condutor, um brasileiro de 34 anos, não teve o nome revelado. O antigo modelo foi furtado no Rio de Janeiro em 24 de dezembro de 1979. O condutor acabou detido e o veículo, encaminhado ao pátio da Polícia Civil de Foz do Iguaçu.

Ter o carro roubado definitivamente não é uma boa notícia. Mas a norte-americana Becky Schoenig teve uma surpresa e tanto, após seu Ford Fusion novinho ser levado de sua garagem por ladrões.

Dois dias depois do furto, a moradora de St. Louis, no Missouri (EUA), foi resgatar o sedã na polícia e o encontrou tunado, com rodas pintadas, faixas na carroceria e uma capa preta e laranja cobrindo o volante. Antes do furto, o Ford Fusion de Becky Schoenig estava como saiu de fábrica, sem qualquer customização.

Em entrevista a vários canais de tevê, Becky atribuiu a localização do sedã à “força do pensamento”. Segundo a empresária, em vez de lamentar o roubo do veículo, ela usou as redes sociais para mobilizar amigos e se manteve sorridente.

Assim que deu conta do furto, Becky postou uma foto do veículo no Facebook contando aos amigos e conhecidos sobre o sumiço do sedã, detalhando inclusive a hora, o modelo (versão híbrida), a cor da carroceria e a placa.

Pois foi exatamente a partir da rede social que seu veículo acabou localizado. Um de seus amigos virtuais compartilhou a foto do Ford Fusion, que acabou reconhecido na rua pelo motoqueiro Mick Sexton.

Sexton então acionou a polícia, que imediatamente foi até o local e resgatou o Fusion híbrido de Becky. Feliz e surpresa, a mulher voltou às redes sociais para comunicar que seu veículo havia sido recuperado. Curiosamente, o sedã ressurgiu no dia 1º de abril, popularmente conhecido como o “Dia da Mentira”, e Becky, claro, aproveitou a data para brincar com o novo visual de seu Ford Fusion.

Bem-humorada e convicta do poder do pensamento, Becky convidou Mick Sexton para conhecer seu restaurante, o Hot Pot. Criativa, a norte-americana criou até uma bebida especial em homenagem ao novo amigo, batizada de Sexton On Wheels, na tradução literal, “Sexton sobre rodas”.

Embora tenha se divertido com o episódio do roubo, Becky enviou seu Fusion para lavagem e restauração. Além de fazer um polimento da carroceria e remover as tiras vermelhas, a empresária mandou descolorir as rodas. Becky também precisou higienizar a cabine, que, segundo ela, estava cheirando a maconha e cigarro.

Pelo inusitado, sua história ganhou repercussão internacional. Embora tenha sido pouco modificado, o Ford Fusion de Becky ficou bastante diferente.
As rodas de alumínio foram as que mais deram trabalho no processo de restauração. Pelo menos, Becky não teve grandes problemas, já que seu Ford Fusion sofreu apenas alterações leves.

Talvez você não encontre seu veículo roubado com mais equipamentos do que ele tinha antes, mas com rastreador Carsystem você recuperará seu carro em bem menos tempo do que o dono do Corcel da notícia acima.

(Folha de Vitória, com informações do Portal R7)

Seja um franqueado Carsystem. Clique no banner abaixo e saiba como:

logo carsystem franquias